16 June 2017

UPDATE ON MY LIFE + LATEST READINGS



Daqui a pouco está a fazer um mês que não escrevo por aqui e, embora tenha que vos pedir desculpa por esta ausência, tem tudo uma razão de ser. A verdade é que estes últimos tempos têm sido de loucos, praticamente sem conseguir respirar e descansar, pelo que só agora consegui chegar aqui, calmamente, disposta a dedicar-me a 100% ao blogue, novamente. Tenho muitas coisas para vos contar, nesta minha vida nada interessante, mas sinto que vos devo uma explicação. Vamos a ela?

It's been almost a month since I last wrote around here, and although I have to apologize to you for being absent, there's a reason for this. The truth is these last couple of weeks have been crazy, practically without any time to breathe and rest, which is why only now I was able to get here, calmly, willing to dedicate myself 100% to the blog, again. I have so many things to tell you about my not so interesting little life, but I feel like I owe you an explanation. Let's get to it. 



CLASSES ARE OFFICIALLY OVER


Quando as aulas acabaram, senti uma sensação de liberdade e estranheza enorme. Se quiser, posso não estudar mais, não mais ter que me dedicar a aulas e trabalhos e professores. Falta-me, claro, escrever e defender a tese, mas não tenho mais que estar numa sala de aula se assim o desejar. Os meus ideias sempre foram tirar uma licenciatura e um mestrado e começar a trabalhar, e finalmente cheguei a esse patamar da minha vida. É estranho perceber que o tempo passou a correr. 2013 ainda me parece uma memória muito próxima, sem nunca esquecer o sentimento de excitação que senti ao entrar pela primeira vez nos portões da Universidade de Évora. Ao mesmo tempo, tudo isto deixa-me ansiosa com o futuro. Cheguei ao final do Mestrado em Jornalismo com a noção de que não queria seguir jornalismo como profissão. Tenho outros projectos, muito meus, que espero conseguir concretizá-los, mas o jornalista de Lisboa só me cativa enquanto freelancer. O que significa que tenho que me lançar num mundo desconhecido, desafiando-me e saindo da minha zona de conforto como nunca antes. Isso aterroriza qualquer pessoa, não é? Pois, eu sei. 

When classes were over, I felt this huge sensation of freedom and strangeness. If I want to, I can never study again, not dedicating myself to classes, essays and teachers anymore. I still obviously need to write and defend my thesis, but I don't have to be in a classroom again if that's what I want. I always wanted to get a bachelor and master's degree and immediately start working afterwards and I finally got to that point of my life. It's weird to realize that time went by so quickly. 2013 still feels like a close memory, without forgetting the feeling of excitement I had when I first crossed the gates of my university in Évora. At the same time, this makes me really anxious for the future. I finished my master's degree in Journalism with the notion that I don't want to follow journalism as a profession. I have other projects, mine and mine alone, that I hope to accomplish someday, but the Lisbon journalist only captivates me as a freelancer. Which means that I have to throw myself into an unknown world, defying myself and getting out of comfort zone as I never did before. It terrifies everyone, right? Yeah, I know. 


I GOT MY DRIVING LICENCE 


Curiosamente, faz hoje um mês que tirei a carta de condução, o que mais me orgulhou este ano. Contei-vos aqui quando passei no exame de código, algo que já me tinha aliviado imenso porque foi a parte mais cansativa da carta. Querem saber uma coisa? Adoro conduzir, mesmo. Ainda não tenho um carro meu, obviamente, mas tenho roubado o carro da minha mãe e do meu namorado e tenho gostado imenso da experiência. Gosto particularmente de conduzir o jipe do meu namorado, de sentir o motor e a caixa de mudanças. Definitivamente do melhor que me aconteceu até agora.

Curiously, it's been a month today since I took my driving license, the one thing that I'm most proud of this year. I told you in February that I had the theoretical exam, something that relieved me immensely because it's the most tiring aspect of the licence. Do you want to know something? I love to drive, I really do. I still don't have a car of my own, obviously, but I've been stealing my mom and my boyfriend's cars and I've been loving the experience. I particularly like to drive my boyfriend's jeep, feeling the engine and the gearbox. Definitely the best that's happened to me so far. 



IT'S TIME TO FIND A JOB


Parte da razão porque também tenho andado mais ausente é porque tenho andado a preparar o meu currículo. Já tinha a versão aborrecida do europass, mas não só queria uma coisa mais original e que chamasse a atenção, como também tinha que acrescentar uma série de coisas que não tinha anteriormente. Encontrar um trabalho deixa-me super ansiosa, principalmente por causa das entrevistas. Até me conseguir libertar junto da outra pessoa, sou extremamente nervosa e até algo tímida, razão pela qual acho sempre que entrevistas vão correr mal. No entanto, vou pôr isso de lado e mandar currículos e seguir em frente, sempre mantendo juntinho a mim o meu blogue, projecto que não esqueço e que quero melhorar e continuar com ele, sempre. 

Part of the reason why I've been absent has to do with my curriculum. I already had the boring version of europass, but not only I wanted something more original and that drew attention, but I also had an amount of things to add there. Finding a job makes me rather nervous, mainly because of the interviews. Until I liberate myself with someone, I am extremely nervous and somewhat shy, reason why I always think the interviews will go wrong. However, I will put all of this aside, send resumes and move on, always keeping my blog close to me, a project that I never forget and always want to improve and go on with it, always. 

LATEST READINGS - MAY WRAP UP


Com esta falta de tempo, veio também a ausência do wrap up que normalmente faço todos os meses. É engraçado porque com o stress acumulado e os trabalhos para fazer, distanciei-me da Internet e li muito mais este mês, 5 livros para ser exacta (já li 20 livros este ano, de acordo com o desafio do Goodreads, so proud!). Aqui fica então a minha opinião breve dos livros que li:

1. Harry Potter and the Goblet of Fire (2000), J. K. Rowling - Como vocês sabem, tenho andado a reler a saga do Harry Potter desde o início do ano. Já não me relembrava imensos pormenores do Cálice de Fogo, o que me fez gostar ainda mais do livro por comparação ao filme. Os detalhes que envolvem o Cedric Diggory, então, foram os que mais gostei e, ao mesmo tempo, os que mais me fizeram sofrer (damn you, J. K. Rowling!)

2. 13 Reasons Why (2007), Jay Asher - Comi literalmente este livro do princípio ao fim. Percebo perfeitamente porque é considerado um livro que desencadeia uma série de emoções negativas em pessoas com tendências suicidas. Acho que é um livro que choca muito pela mensagem que transmite e um livro que não é para toda a gente. Ainda só vi três episódios da série, e já me disseram ser muito gráfica em cenas desnecessárias. Talvez mais tarde faça uma publicação especial sobre isso.

3. King's Cage #3 (2017), Victoria Aveyard - Ouçam. Este livro. Esta saga... Sou demasiado apaixonada por esta saga. E este livro deixou-me cheia de emoções que me deixaram com ainda mais vontade do quarto livro. Não querendo deixar spoilers, o final deste livro deixou-me com vontade de partir tudo... Se alguém já leu, por favor partilhem a dor comigo!

4. Ser Blogger (2017), Carolina Afonso & Sandra Alvarez - Este livro esteve na ribalta na blogosfera e foi por isso que decidi comprá-lo. É um livro com imenso potencial e que é interessante maioritariamente para quem quer começar ou está mesmo no início de um blogue. Ainda assim, tem algumas sugestões que me foram interessantes, como a explicação de como utilizar anúncios e SEO, sendo principalmente destacável o testemunho de outros bloggers. 

5. The Girl on the Train (2015), Paula Hawkins - Finalmente li o livro que deixou o mundo maluco. Não sou muito fã de thrillers, não gosto do sentimento de nervosismo com que me deixam. Contudo, não consigo deixar de apreciar quando um livro está bem escrito, e os vários narradores ajudam a que a história seja cativante e que nos prenda.



Due to my lack of time, the wrap up I usually do every month is also absent. It's funny because with all the stress and paperwork to do, I got away from the Internet and read a lot more this month, 5 books to be exact (I already read 20 books this year, according to my Goodreads challenge, so proud!) Here's my brief opinion of the books I've read: 

1. Harry Potter and the Goblet of Fire (2000), J. K. Rowling - As you all know, I've been rereading the Harry Potter saga since the beginning of the year. I didn't remember a lot of details from Goblet of Fire, which made me enjoy the book a lot more by comparison with the movie. The details surrounding Cedric Diggory were the ones I enjoyed the most and, at the same time, the ones that made me suffer more (damn you, J. K. Rowling!)

2. 13 Reasons Why (2007), Jay Asher - I literally ate this book from the beginning until the end. I perfectly understand why it's considered a book that triggers a series of negative emotions in people with suicidal tendencies. I think it's a book that shocks a lot due to its message and a book that it's not meant for everyone. I only watched three books of the show so far, and people already told me it has a lot of graphic scenes that were unnecessary. Maybe later I'll make a special post about it. 

3. King's Cage #3 (2017), Victoria Aveyard - Listen. This book. This saga... I'm too in love with this saga. And this book had me with a lot of emotions that made me want even more the fourth book. Not wanting to give you guys any spoilers, the end of this book made me want to break everything around me... If anyone's read it, please share your pain with me! 

4. Ser Blogger (2017), Carolina Afonso & Sandra Alvarez - This book is only available in portuguese. It's a book with a lot of potential and interesting mainly for those wanting to start or in the beginning of having a blog. It had some interesting suggestions as the explanation of how to use ads and SEO, and its remarkable feature goes with the testimony of other bloggers.

5. The Girl on the Train (2015), Paula Hawkins - I finally read the book that made the world go crazy. I'm not really a fan of thrillers, I don't enjoy the feeling of nervousism that they leave me with. However, I can't stop myself from appreciating when a book is well written, and the many points of view helped the story being captivating and locking us in.


...

Obrigada a quem leu isto até ao fim, foi das publicações mais longas que já escrevi aqui. Embora a minha vida não seja particularmente interessante, estas pequenas coisas que aqui vos contei foram tão importantes para mim. Sabem aquela sensação que por vezes temos que estamos estacados, que a nossa vida é monótona, quase parecendo que nunca vamos sair daqui? Neste momento sinto-me um pouco assim, parada. No entanto, tenho plena noção que estes pequenos detalhes são a base para o começo de novas coisas, novas aventuras, novos projectos. Nunca fiquem sem esperança com aquilo que têm do momento, pois o que está a acontecer agora é uma ajuda para o que nos espera no futuro. E com esta tentativa de ser inspiradora, por hoje vos deixo! 

Thank you to those who read this until the end, it's one of the longest posts I've wrote so far here. Although my life isn't particularly interesting, these small things I told you were so important to me. Do you know that sensation that we sometimes have of feeling stuck, that our life is monotonous, almost seeming like we'll never move on? Right now I'm feeling that way, stuck. However, I know very well that these small details are the base for the beginning of new things, new adventures, new projects. Never stop having hope with what you have at the moment, because what's happening now is the help you need for what awaits you in the future. And with this attempt of being inspiring, I leave you for today!

14 comments so far

  1. Da tua lista só li ''A rapariga no comboio'' e a saga Harry Potter, mas gostava imenso de ler ''Ser Blogger''. Não conhecia o teu blog antes da ausência mas vou acompanhar a partir de agora pois adorei!
    Beijinhos

    http://averamarques.blogspot.com

    ReplyDelete
    Replies
    1. O "Ser Blogger" é definitivamente um livro interessante para quem é blogger e para quem quer fazer do blogue uma fonte possível de rendimento. Ainda bem que gostaste, significa muito para mim!
      Beijinhos :)

      Delete
  2. Fico muito feliz por ti por tudo o que conseguiste alcançar, Sónia! Desejo-te também muita sorte em encontrares um emprego adequado! :)
    Fiquei com a pulga atrás da orelha em relação ao livro "Ser Blogger". Obrigada pela sugestão!
    Beijinhos grandes e muitas felicidades.

    https://bloomblogue.blogspot.pt

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh, tão querida Kika! Muito obrigada pelas palavras carinhosas.
      Beijinho grande para ti <3

      Delete
  3. É muito estranho deixar de ter aulas. Passei pelo mesmo em janeiro (o meu mestrado é de um ano e meio) e os primeiros momentos foram esquisitos. O único foco passou, então, a ser a tese. Estou a semanas de defender e o futuro também me assusta um pouco.
    Nunca é fácil sairmos da nossa zona de conforto, mas se é algo que queres, arrisca. Vais ver que és capaz!
    Ainda não tenho a carta, mas adoro jipes *.*
    Tenho imensa curiosidade em relação a «13 reasons why»! Vi o filme «A rapariga no comboio», mas agora quero ler o livro

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas palavras, querida Andreia! E ainda bem que não estou sozinha nesta sensação de estranheza ao deixar de ter aulas.
      Ainda não vi o filme d'A Rapariga no Comboio, mas assim que tiver tempo está na minha lista de futuros filmes para ver :)
      Beijinhos!

      Delete
  4. Cheguei agora ao blog e adorei! Já sigo :) Desejo-te muita sorte para o teu futuro, vai sem medos, sai da tua zona de conforto, por vezes é assim que temos oportunidades que nunca esperámos! Adorei a parte do post sobre os livros! Fiquei muito curiosa para o ler o Ser blogger, iniciei agora e gostava imenso de aprender mais! No meu blog há um post sobre 13 reasons why, adorei a série!
    Beijinho, Ana Rita*

    ReplyDelete
    Replies
    1. Então se estás no início e mesmo a começar no mundo da blogosfera, acho que o livro "Ser Blogger" é para ti. Dá-nos imensas sugestões interessantes para nos focarmos no nosso tema e criarmos o melhor para os nossos leitores! Pelo menos, é essa a opinião que tenho :)

      Delete
  5. Realmente, ainda se passou muita coisa!
    Da lista de livros que leste, apenas vi a série de 13 Razões Porquê. Não li o livro mas gostei muito da série! A mensagem que mostra é realmente forte, mas também é necessário haver séries deste género.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Concordo que deva haver séries de televisão capazes de chocar, mas não sei até que ponto essa sensação de choque pode ter consequências negativas. Mas lá está, ainda só vi três episódios da série e não me quero alongar sem saber do que estou a falar! :)

      Delete
  6. Muitos parabéns por concluíres a tua licenciatura e pela tua carta de condução :). E boa sorte na buasca do teu emprego :).
    É incrível como o tempo passa a correr. Parece que foi ontem que entrei para a universidade, e já vou a meio da minha licenciatura.
    Desses livros li o " Thirteen Reasons Why" e a " Rapariga no Comboio". Quanto aos outros, já vão para a minha lista de livros que quero ler.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ReplyDelete
  7. Sei bem o alivio e o orgulho que se sente quando se tira a carta ;) Quanto aos livros tenho andado numa época em que não me apetece ler o que é muito mau porque quero ler os livros HP, nedding motivation ahahah
    Não conhecia o blogue fiquei a seguir muito curiosa com o que aí vem :D

    Beijinhos,
    Soraia and Other Things

    ReplyDelete
    Replies
    1. Os livros do Harry Potter são definitivamente merecedores de leitura ;)
      Muito obrigada, querida! Beijinhos :)

      Delete

SHE WRITES © . Design by FCD.