3 April 2017

Wrap Up de Março #3



Considerando o quão produtivo foi este mês e o pouco tempo que estive parada, ler três livros no mês de Março é uma vitória da qual me orgulho muito. A verdade é que tive alguns deadlines para a universidade, umas apresentações orais *gulp* um casamento ♡, e sinto-me realizada por ter sido organizada de maneira a conseguir sentar-me num cantinho e simplesmente ler. Este foi, então, o resumo dos livros que li em Março, que podem sempre acompanhar na minha conta Goodreads.

Considering how productive this month was, and how little time I had to relax, to read three books in March is a victory that I'm really proud of. The truth is that I had some deadlines for university, oral presentations *gulp* and a wedding ♡, so I'm happy for being organized in order to sit in a corner and simply read. This was the summary of books that I've read in March, that you can always follow in my Goodreads account. 


CARVE THE MARK (2017), Veronica Roth

Os meus avós ofereceram-me o livro pouco tempo depois de a tradução em português ter saído. Desde a saga Divergent (2011) fiquei completamente fã de Veronica Roth, pelo que o interesse em ler uma nova história, num ambiente distinto e com personagens tão distantes de Tris e Four foi o suficiente para o querer comprar de imediato. É desnecessário dizer que adorei a narrativa, não só por ser de ficção científica, mas também pela aproximação que tem com o fantástico, numa combinação maravilhosa para mim. 

A galáxia onde Akos vive é especial. Vários dons são distribuídos das formas mais peculiares pelas pessoas que nela vivem, poderes que são um espelho da personalidade de cada um. Akos é filho de uma vidente e de um agricultor, e o seu destino é traçado quando soldados Shotet o raptam a ele e ao seu irmão para o mundo Shotet. Cyra é irmã do tirano que lidera esse planeta, e o seu poder, fruto de vários traumas de infância, fazem com que inflija dor nos outros e em si mesma, acabando por ser a arma de tortura perfeita para o seu irmão. Akos tem o oposto do dom de Cyra: alguns poderes não têm o efeito esperado nele e, mais importante, consegue parar a dor que ela sente ao usar o seu dom. De mundos diferentes, com educações diferentes, Akos e Cyra acabam por se aproximar, e os seus destinos aproximam-se com um fim: terminar com a tirania do irmão de Cyra e libertar o irmão de Akos.

My grandparents offered me this book shortly after the portuguese translation got out. I've been a devoted fan of Veronica Roth since the Divergent (2011) saga, which is why my interest in reading a new story, in such a distinct environment and with characters so distant from Tris and Four was enough for me to buy it immediately. It's unnecessary to say how much I loved the narrative, not only because it's a science fiction book, but because of its approximation with the fantasy genre, making it a perfect combination for me.  

The galaxy where Akos lives is special. Many gifts are distributed in the most peculiar ways to the people who live there, powers that are like a mirror of their personalities. Akos is the son of an oracle and a farmer, and his fate is outlined when Shotet soldiers kidnap him and his brother to the Shotet world. Cyra is the sister of the tyrant who rules this planet, and her power, the result of several childhood traumas, makes other people and herself suffer, making her the best torture weapon for her brother. Akos has the opposite of Cyra's gift: some powers don't have any effect on him and, most importantly, he can stop the pain she feels by using her own gift. From different worlds and with different educations, Akos and Cyras get closer, and their fates bound with one end: to finish the tyranny of Cyra's brother and free Akos' brother.  

JANE EYRE (1847), Charlotte Brontë

O meu livro favorito de Março. Comprei este livro em inglês por 3€ na FNAC, e demorei a começá-lo nem eu sei porque razão. Se pudesse e tivesse tempo, gostaria de relê-lo de imediato. Para quem me conhece, sabe que adoro romances históricos, sendo o meu livro favorito o Orgulho e Preconceito (1813) da Jane Austen. Fiquei com um amor muito grande pelo Mr. Rochester, embora não tenha ultrapassado a minha paixão eterna pelo Mr. Darcy, e fiquei tão embrenhada na história que, sempre que possível, devorava o livro por completo. 

Jane Eyre é contratada para trabalhar como governanta de Amèlie, enteada de Mr. Rochester, depois de uma infância solitária numa escola para crianças órfãs e com necessidades. Jane apaixona-se pelo seu patrão, e sem nunca o esperar, Rochester apaixona-se também por ela. O casamento quase que acontece, até se descobrir que o dono de Thornfield já é casado com uma mulher demente que, sempre que possível, tenta matar o seu marido e quem lhe aparecer à frente. Desolada, Jane abandona Thornfield em busca de consolo depois deste infortúnio, mas nunca sem deixar de pensar em Rochester. Resta saber se é uma história com final feliz, ou não.

My favorite book from March's readings. I bought this book in english for 3€ at FNAC, and it took me a while to start reading it, I don't even know why. If I had the time, I would reread it immediately. For those who know me, you do know how much I love historical romances, my favorite book being Pride and Prejudice (1813). I fell in love with Mr. Rochester, although he didn't surpass my eternal flame, Mr. Darcy, and I was so engaged in the story that, whenever possible, I would devour the book.

Jane Eyre is hired to work as a governess for Amèlie, a protégé of Mr. Rochester, after a lonely childhood in a school for orphans and children with needs. Jane falls in love with her boss, and without ever expecting it, Rochester falls in love with her, too. Their wedding almost happens, until it's discovered that the owner of Thornfield is already married with a deranged woman whom, whenever possible, tries to kill her husband and whoever comes in front of her. Heartbroken, Jane leaves Thornfield, trying to find solace after this misfortune, but never without thinking of Rochester. All that is left to know is whether this has a happy ending, or not. 




A DOENÇA, O SOFRIMENTO E A MORTE ENTRAM NUM BAR (2016), Ricardo Araújo Pereira

Já andava curiosa com este livro desde que ele saiu. Sou muito fã do Ricardo Araújo Pereira, considerando-o um dos melhores humoristas que temos em Portugal. Como para Jornalismo Cultural é obrigatório escrevermos uma review de algum obra que tenha relação com a FCSH/NOVA, aproveitei a oportunidade para ler o novo livro dele, já que é professor na faculdade. Fiquei admirada com a quantidade de menções a filmes, séries de televisão e livros como ponto de partida para falar sobre o que é, realmente, o humor. Não é um livro de ficção, antes um conjunto de ensaios onde o escritor teoriza acerca dos propósitos do humorista e das bases do humor. Achei o livro interessante, mas soube-me a pouco, gostaria que tivesse sido um bocadinho maior. 

I've been curious about this book ever since it came out. I'm a huge fan of Ricardo Araújo Pereira, considering him to be one of the greatest comedians in Portugal. For Cultural Journalism it was mandatory to write a review of something related to FCSH/NOVA, so I took the opportunity to read his new book, since he is a teacher there. I was amazed at the amount of references to movies, television shows and books as a starting point to talk about what is, in fact, humor. It's not a fiction book, but a joint of essays where the writer teorizes about the purpose of the comedian and the basic principles of humor. It's a really interesting book, but I wish it could be bigger, because I ended it wanting more. 

E vocês, quais as vossas leituras do mês de Março? Deixem sugestões de livros nos comentários!
Which books did you read in March? Leave book suggestions in the comments! 

11 comments so far

  1. Jane Eyre é um dos meus clássicos preferidos, mas gosto mais ainda do Monte dos Vendavais de Emily Bronte. Ando curiosa para ler o livro do Ricardo Araújo Pereira :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. O Monte dos Vendavais também está na minha lista de must-read! E podes ler o livro do RAP, vale bem a pena :)

      Delete
  2. Tenho bastante curiosidade com o ultimo livro! :D

    Obrigada pela visita! Seguimos de volta ^-^
    Beijinhos
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ReplyDelete
  3. Jane Eyre é dos meus livros favoritos de todos os tempos! Lembraste-me do quanto gosto de ler e do tempo que não tenho tido para isso. Tenho que me organizar melhor, tal como tu :)
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ReplyDelete
    Replies
    1. Jane Eyre também é capaz de se ter tornado num dos meus favoritos!
      Beijinhos, Mariana :)

      Delete
  4. Ainda não li nenhum, mas vou já adicioná-los à minha lista :) Queria tanto ter mais tempo para ler! Beijinho

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu, ainda assim, gostava de ter ainda mais tempo livre para ler, sinto sempre que é pouco! :)
      Beijinhos!

      Delete
  5. Não conhecia nenhum dos livros mas fiquei curiosa com o último..

    Beijinhos,
    Inês
    http://www.indiglitz.pt

    ReplyDelete
    Replies
    1. O último vale mesmo muito a pena :)
      Beijinhos, Inês!

      Delete
  6. Fiquei muito curiosa com o primeiro livro! Também fiquei fã da autora desde a série ''Divergente''. Gostava de também ter lido tantos livros, mas infelizmente não me consegui organizar tão bem como tu!
    Beijinhos

    http://averamarques.blogspot.com

    ReplyDelete

SHE WRITES © . Design by FCD.