17 January 2017

As Minhas 5 Séries Favoritas


Este meu ranking está constantemente a mudar mediante o quão agarrada os produtores me conseguem deixar, mediante o progresso da história e, mesmo muito importante, mediante a evolução das personagens. Desisti de algumas séries por causa do último ponto, que outrora eram das minhas preferidas. Por isso mesmo, aqui recomendo as séries de televisão que mais me prenderam nos últimos tempos, esperando que as aproveitem tal e qual como eu!



1. WESTWORLD (2016-)


art.lowenbraat
Neste momento, considero esta série a minha favorita de todas, e só muita contenção me permite escrever isto sem muitos pontos de exclamação e caps lock. Os críticos consideram-na a sucessora de Game of Thrones (2011-) e, sinceramente, concordo plenamente. 

Série de ficção científica, Westworld passa-se num parque de diversões para adultos com tecnologia avançada onde androids recebem multimilionários que querem fazer tudo o que não conseguem fazer no mundo real, sem esperar retaliações por parte dos robots (hosts). No entanto, e tal como toda a boa ficção científica, os androids depressa começam a evoluir com a ajuda de certas personagens que trabalham no parque, começando a ter o princípio daquilo que se crê ser a consciencialização, compreendendo o que é que os humanos lhes fazem. Com imensas referências a arte e com o maravilhoso Anthony Hopkins como uma das personagens principais, não houve maneira de não ficar rendida a esta série. 

2. THE WALKING DEAD (2010-)


crafthubs
Nunca me desapontou, deixou-me sempre viciada e é muito fiel às personagens e às histórias individuais de cada um, mesmo com as dificuldades existentes de respeitar o tempo das várias personagens existentes. Para além do mais, os efeitos visuais são excelentes, e embora alguns episódios sejam considerados um pouco aborrecidos, os mais tensos e cheios de acção deixam qualquer um com o coração a bater bem rápido. 

Todos sabem que esta série é pós-apocalíptica e que narra a história de um grupo que tenta sobreviver aos clássicos zombies (walkers). O líder do grupo é Rick Grimes (Andrew Lincoln), um polícia que acorda num hospital depois de ter sido baleado e que tenta descobrir o paradeiro da sua mulher e filho. Muito mais do que uma série sobre zombies, penso que é uma série sobre sobrivência. A evolução da série traz também os limites do ser humano para sobreviver no meio dos mortos, chegando a situações onde vale tudo para proteger a nossa pele e a pele daqueles que nos são mais queridos. Dos perigos que Rick e o seu grupo enfrentaram, os meus favoritos são sempre originados por outros seres humanos e não por causa de mortos-vivos. 

3. MR. ROBOT (2015-)


Mr. Robot está aqui porque, para além do conceito da história, os actores que nela participam estão soberbos, mesmo. O Christian Slater e o Rami Malek são os meus favoritos, claro, mas também fiquei apaixonada pela actuação da Carly Chaikin. 

Um grupo de hackers junta-se com o objectivo de apagar todos os ficheiros relativos a dívidas de consumismo de uma das maiores corporações do mundo, E Corp. Contudo, um dos hackers do grupo haktivista FSociety, Elliot (Rami Malek), sofre de ansiedade social e de mais problemas mentais que o levam a ter constantes crises de paranóia e alucinações, tornando difícil para o espectador perceber o que é realidade e o que é imaginação na cabeça de Elliot. 

4. JESSICA JONES (2015-)



tumblr
Primeiro que tudo: Netflix (outra vez, porque Mr. Robot já grita Netflix!). Segundo de tudo: David Tennant. O meu eterno doctor de Doctor Who (2005-) fez de vilão na primeira temporada e eu nem sei como é que ele não ganhou mais prémios. Estou já há demasiado tempo à espera da segunda temporada, mas sou paciente porque acredito que será tão boa ou melhor que a primeira. 

Jessica Jones (Krysten Ritter) é mais forte que toda a gente. Também é bruta, diz muitas asneiras, está constantemente a beber, é sarcástica e... Sofre de transtorno pós-traumático, o que a faz extremamente humana. Killgrave (David Tennant) é o vilão, controla mentes e é a grande causa dos problemas psicológicos de Jessica. A primeira temporada é para a personagem feminina, uma luta interior a tentar combater a sua ansiedade, e uma luta exterior, com o objectivo de erradicar Killgrave de uma vez por todas.

E, posso só dizer o quanto adoro o feminismo presente em toda a história?

5. ORPHAN BLACK (2013-)

in omnia paratus
Outra série que me enche o coração e que demora demasiado tempo com uma nova temporada. O melhor desta série é que a actriz principal, Tatiana Maslany, faz mais de 10 personagens diferentes. Nem consigo imaginar o trabalho extenuante que ela tem, os diferentes takes que são necessários de modo a que consigam colocar diferentes personagens dela na mesma acção, etc. Para além do mais, é de ficção científica, o que também ajuda muito a que esteja no top das minhas favoritas.

Sarah Manning está numa estação de comboios quando encontra alguém que parece ser exactamente igual  ela... Alguém que se suicida ao atirar-se para os carris do comboio. Como se isso não fosse suficiente, Sarah descobre que, como a suicida, existem mais umas quantas pessoas iguais a ela. Todas elas são clones, fruto de um projecto científico guardado em segredo. E o pior de tudo? Os clones estão a morrer, e é o objectivo de Sarah fazer de tudo para que as suas irmãs sobrevivem, ao mesmo tempo que tentam fugir da corporação que as criou, que as tentam controlar.

Já chegaram a ver algumas destas séries que aqui vos apresento?
Quais são as vossas preferidas?

2 comments so far

  1. Vi dois episódios de Westworld e fiquei bastante interessada na série. No entanto, não continuei (ainda) porque não tenho tido muita disponibilidade.
    Das séries que mencionaste, não tive contacto foi nem com TWD nem com Orphan Black. Mas falam tão bem de TWD que acho que tenho mesmo que lhe dar uma oportunidade, não é?

    Para mim, a minha favorita é Game Of Thrones. Adoro aquilo, tudo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fiquei tão entusiasmada com Westworld, ficou assim uma obsessão muito próxima de Game of Thrones, na altura em que a 1ª temporada saiu e fiquei viciada. Neste momento, sou mais fiel aos livros do que à série, mas não há como não dar valor à excelente produção de GoT!
      Quanto a The Walking Dead, é mesmo das minhas preferidas, embora conheça pessoas que achem a série, de momento, aborrecida. E Orphan Black também recomendo vivamente! :D
      Beijinhos!

      Delete

SHE WRITES © . Design by FCD.